Tubarão

A equipe de Nelsinho voltou aos trabalhos físicos e técnicos ontem à tarde, no Ginásio do Salgadão, em Tubarão, visando ao difícil jogo de sábado contra a Intelli/Orlândia no interior paulista. Gustavo, expulso no último jogo, ficará fora de duas partidas. Jeffe está suspenso pelo terceiro amarelo e Gordo, com uma entorse no joelho esquerdo, é dúvida. A equipe viaja hoje à tarde para Orlândia.

Apesar dos desfalques, o técnico Nelsinho Bavier acredita que o time está evoluindo a cada partida e a continuação do trabalho fará a Seguridade/Unisul sair da incômoda décima colocação na tabela. “Fizemos dois grandes jogos no Salgadão e continuaremos o trabalho forte para conseguir os resultados. Chegamos na metade do campeonato e temos muitos jogos pela frente”, afirma.
Os problemas não afetam o ânimo do treinador. “Nosso grupo é excelente e temos várias opções. Não podemos ficar pensando muito nisso. Temos é que buscar os primeiros pontos fora de casa”, destaca Nelsinho.

O ala Gordo, um dos destaques do time e que está no departamento médico, quer viajar com o grupo. “Hoje (ontem), a chance de jogar é pouca, mas até sábado pode haver uma evolução. Espero que isso ocorra para que eu possa ajudar o grupo a sair desta situação”, relata.
O desafio do time de futsal da Unisul é ficar entre os 12 primeiros lugares da Liga Futsal para garantir uma vaga na próxima fase. “Tenho certeza que iremos vencer as partidas para chegarmos com folga na fase final da competição”, ressalta Nelsinho.

Regulamento
Para chegar à próxima fase da Liga Futsal, a equipe da Seguridade/Unisul precisa chegar pelo menos na 12º posição no campeonato.