Marco Antonio Mendes
Tubarão

Com a classificação e o primeiro lugar da Chave B garantidos, a Unisul/Seguridade/Penalty venceu o CER Atlântico por 4 a 3, na noite de sábado, quando entrou em quadra pela última rodada da segunda fase da Liga Futsal.

O time tubaronense fecha a fase com 23 pontos, enquanto os gaúchos foram para casa desclassificados. Com a ótima campanha realizada, a Unisul tem a possibilidade de fazer o segundo jogo das quartas-de-final em casa. O adversário poderá ser conhecido na noite de hoje, na penúltima rodada da Chave A.

O próximo jogo será segunda-feira, enquanto a decisão será três dias depois. Caso haja empate na soma dos pontos, será realizado um terceiro jogo.
A partida de sábado não foi tão simples quanto parecia, mesmo com um time que já estava fora da terceira fase e, além disso, na última colocação. Dos dez jogos, venceu apenas um.

A equipe da casa entrou em quadra com muitos jogadores reservas e juniores, e o jogo foi bastante equilibrado. O primeiro gol só saiu aos 15 minutos. Cabreúva jogou para Gustavo e Gerson marcou e abriu o placar a favor da Unisul.

O segundo veio somente no período final. Logo aos dois minutos, Cabreúva fez o gol e ainda beijou a aliança em homenagem à esposa. E foi nos últimos cinco minutos que a emoção tomou conta de quem estava no Salgadão. Foi quando veio a reação do time gaúcho.

Renan diminuiu a diferença. Mas Christian, da Unisul, em menos de um minuto depois, fez o terceiro. O goleiro Ivan, que estava no banco, substituiu Rapha e também marcou para a Unisul, o que deixou o placar em 4 a 1. Por um descuido dos tubaronenses, Atlântico, com Tininho, conseguiu fazer mais dois gols no último minuto.