Zagueiro Michell Nunes visitou os companheiros no treino de ontem.
Zagueiro Michell Nunes visitou os companheiros no treino de ontem.

Thiago Oliveira
Tubarão

A derrota para o Atlético de Ibirama, na final do turno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense, continua viva na memória dos jogadores do Hercílio Luz. O resultado foi visto na partida de estreia do time no returno, contra o 15 de Outubro em Indaial, quarta-feira, quando o time perdeu por 2 a 1.

Para o atacante Giba, é normal que o time ainda sinta a derrota da final, mas ele nega que isto tenha influenciado no último jogo. “O campo era ruim, e a equipe estava desfalcada, cansada pelas viagens”, explica.
Em contrapartida, o atleta afirma que o jogo da final serve como combustível à equipe. “Aquilo é um incentivo a mais. Mas não podemos esquecer que agora começamos tudo do zero. Temos que pensar primeiro na classificação entre os quatro primeiros”, salienta Giba, artilheiro da competição, com seis gols. “Todo atacante gosta de marcar gols, e é sempre bom ser artilheiro, mas eu troco isto pelo acesso. Primeiro, tenho que pensar no grupo, só depois no título individual”, acrescenta.

Ontem, a equipe fez um trabalho físico e técnico, pensando no jogo de domingo contra o Caxias. No treinamento da tarde, o time recebeu a visita do zagueiro Michel Nunes, que se recupera de lesão. O atleta, que rompeu o ligamento cruzado anterior no clássico com o Atlético Tubarão, só deve voltar em fevereiro. Época em que o time poderá disputar a divisão principal, caso consiga o acesso. “Quero disputar a primeira divisão no ano que vem, e sei que o time vai dar o máximo para isso”, avisa.

Clima de descontração no Peixe

No Estádio Domingos Gonzalez, o clima é o melhor possível. A vitória sobre o Juventus, na quarta-feira, animou jogadores e comissão técnica do Atlético Tubarão.
“O Juventus é um grande time, tanto que ficaram em primeiro no turno e só perderam dois jogos na competição. Pelo tempo que ficamos sem jogar, faltou ritmo, mesmo assim, conseguimos fazer uma boa partida”, afirma Tiago Rodrigues, destaque no jogo e autor do primeiro gol.

Fernando Lessa, treinador do Peixe, classificou como boa a estreia do time no returno. “Conseguimos jogar bem. Fizemos 2 a 0 com chances de ampliar, mas relaxamos. Como o Juventus é um bom time, eles se atiraram para o ataque e nos dificultaram, mas conseguimos acertar a marcação e recuperamos o controle da partida. O importante foram os três pontos em cima de uma equipe que deve brigar para ficar entre as quatro”, analisa.

Para o treinador, o time deve melhorar o ritmo de jogo na partida de domingo, contra o Guarani, em Palhoça. “Tivemos 17 dias de trabalho, o que deu para aprimorar muito a parte física, mas perdemos o ritmo das partidas”, avalia.
A partida contra o Guarani, inicialmente marcada para amanhã, foi adiada para domingo. O jogo, no Estádio Renato Silveira, a partir das 16 horas, será apitado por José Acácio da Rocha, que será auxiliado por Loiziane Aparecida Schappo e Gianlucca Perrone de Vasconcellos.