Tubarão

O Atlético Tubarão recebe o Cianorte às 18h deste domingo (9), em jogo válido pela 6ª e última rodada da Série D do Brasileiro. Com quatro pontos na classificação, a equipe se despede da competição, já que não tem mais chances de alcançar os dois primeiros colocados, que estão com dez pontos.

“É uma semana diferente em relação ao nosso objetivo inicial. Claro que não é o que a gente queria. Pois se projetava uma vitória diante do Caxias, para entrar na briga pela vaga. Não aconteceu por diversos motivos. Encaramos uma chave muito difícil. Cometemos alguns erros em jogos fundamentais”, afirma o técnico Luizinho Vieira.

Ainda no grupo A16, o São Caetano recebe o Caxias, no estádio Anacleto Campanella. O elenco treinou nesta sexta-feira em Capivari de Baixo e encerra a preparação para o duelo neste sábado pela manhã. “Vamos procurar fazer uma boa partida que possa nos conduzir a vitória para encerrarmos com dignidade, mas principalmente avaliarmos o que foi feito de errado”, conclui.  

Para o confronto deste domingo na Vila dos Ferroviários, sócios poderão levar um convidado gratuitamente, retirando o ingresso na loja do clube, no Farol Shopping. Os bilhetes já estão à venda a partir de R$ 10.

No Hercílio, técnico Júlio César Nunes fala sobre a expectativa do jogo em Minas Gerais

O confronto entre Hercílio Luz e Tupi (MG), no domingo (9), fora de casa, pode levar o Leão do Sul à liderança do Grupo A14. Para o treinador Júlio César Nunes, a expectativa é muito boa, já que o clube vem em um crescente. “Mesmo com a derrota sobre o Novorizontino (no último fim de semana), fizemos um bom jogo. De igual para igual, onde merecíamos até a vitória. Então acredito que a equipe está em evolução”, garante. 

Sobre a expectativa para a partida, o técnico diz que mesmo sabendo que o adversário não tem chance de classificação, há um respeito muito grande pela equipe do Tupi. “A gente vai respeitando com muita concentração, e buscar a vitória, fazer por merecer a vitória. Precisamos terminar bem essa fase classificatória, para evoluir como equipe, em entrosamento, em movimentação ofensiva que é no que estamos pecando um pouco, mas acredito que vamos melhorar nesse quesito e chegar forte na próxima fase”, acrescenta.  

Como estratégia, Nunes afirma que a semana foi de treinos fortes. “Fizemos trabalho tático na quinta-feira, sexta-feira nós testamos umas variações também, para se a caso precisarmos durante o jogo, e hoje um trabalho mais leve”, detalha. 

O confronto será realizado em Juiz de Fora, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, conhecido como Helenão, a partir das 18h.