Laguna

O hipismo consiste na arte de montar cavalos e engloba várias modalidades. As três mais conhecidas são olímpicas. O Concurso Completo de Equitação (CEE), salto e adestramento. Além do esporte, a prática contribui também com a habilitação e/ou reabilitação de pessoas com os mais variados tipos de deficiência.

Em Laguna, a Apae passa a contar com esse tipo de prática inclusiva. Um espaço que vem a somar com outros trabalhos já realizados para pessoas com deficiência. Nesta sexta (21) em Barbacena, foi inaugurado o Centro de Equoterapia EquoSonhos. A realização contou com a participação da sociedade, pais e alunos da Apae de Laguna, diretoria da instituição e do prefeito Mauro Candemil.

A equoterapia tem como objetivo prestar atendimento às pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais, de ambos os sexos, de faixa etárias e patologias variadas. As atividades são realizadas ao ar livre, onde o praticante estará intimamente ligado à natureza, proporcionando assim a execução de exercícios psicomotores, de recuperação e integração. Dessa forma o cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e educacionais, complementa as terapias tradicionais em clínicas e consultórios. 

Além de todos os benefícios, a equoterapia também proporciona às pessoas com necessidades especiais o desenvolvimento de suas potencialidades, respeitando seus limites e promovendo a inclusão social, minimiza sintomas causados pelas patologias e contribui para a reabilitação e qualidade de vida das pessoas atendidas no centro.

O Centro de Equoteria EquoSonhos está localizado em Barbacena, e tem como profissionais responsáveis a Dra. Ana Paula Damiani e Dra. Glaucia Motti.