Rafael Andrade
Tubarão

O Hercílio Luz fez mais um jogo-treino ontem à noite visando a preparação da equipe para a disputa da Divisão Especial do Campeonato Catarinense. O Leão do Sul enfrentou mais uma vez o time júnior do Criciúma. Perdeu de 1 a 0.
O gol dos Tigrinhos foi marcado aos 23 minutos do primeiro tempo, em uma bela cobrança de falta pela direita do ataque. O goleiro Thiago não conseguiu alcançar a bola que foi cair no ângulo esquerdo gol hercilista.

O Leão tentou a reação e teve mais posse de bola. Chegou ao gol adversário com perigo com chutes de fora da área do atacante Edson Bugrão e boas jogadas pela lateral esquerda. Aos 28 minutos, todos os refletores do estádio apagaram e o árbitro teve que interromper o jogo. Após 15 minutos, a bola voltou a rolar, mas o Leão não conseguia mais chegar com perigo no gol adversário.
“Este tipo de preparação é muito interessante ao time. Serve para entrosar as jogadas ensaiadas e trabalhar a administração da posse de bola”, avalia o técnico hercilista, Paulinho Portugal.

Na volta para o segundo tempo, o Leão criou jogadas mais arriscadas no ataque. O meia-atacante Leonardo comandou o toque de bola com bons lançamentos e fortes chutes. Quando parecia que o time chegaria ao gol de empate, o jogo teve que ser interrompido novamente, aos dez minutos. Um disjuntor que alimenta os refletores do Anibal Costa queimou e o estádio ficou novamente às escuras. Os jogadores aguardaram 15 minutos, mas o problema não foi sanado e o árbitro encerrou o confronto.