Rafael Andrade
Tubarão

O projeto esportivo de desenvolvimento biopsicossocial, organizado pela Unisul e viabilizado pela escola Henrique Fontes, tem o objetivo de preparar futuros atletas em Tubarão. Sessenta alunos, com idades entre 11 e 15 anos, têm aulas extracurriculares de tênis de mesa e de campo, handebol e futsal.

“O projeto iniciou em março deste ano e pretende oferecer, por meio do esporte, uma formação a partir de uma avaliação do aluno e do seu desenvolvimento físico e motor”, detalha o professor de educação física da Unisul e coordenado do projeto, Antônio Alberto de Lara Júnior.

As aulas são ministradas pelos formandos em educação física da Unisul Andressa Nicolau e Emir Antunes, e pelo professor Guilherme Arantes. Para o próximo ano, a expectativa é que estudantes de outras escolas públicas de Tubarão sejam atendidos.
As atividades são desenvolvidas no próprio colégio após a aula, entre 17h30min e 19 horas, de terça à sexta-feira, durante todo o ano.

Um outro objetivo dos coordenadores é a participação destes alunos em jogos entre unidades de ensino na cidade, bem como prepará-los para os Jogos Estudantis de Tubarão (Jetuba).

“Avaliamos a participação de mais alunos e profissionais de educação física da cidade e a viabilização de implantar o projeto em outras escolas juntos aos diretores. Acredito que será possível”, valoriza Antônio.
A avaliação dos alunos é feita pelo por meio do Proespe Brasil, um instrumento de pesquisa que acompanha o grau de crescimento e desenvolvimento dos praticantes de esporte.