Surfista Carlos Henrique, categoria mirim. Foto: Manoel Rene/Divulgação/Notisul
Surfista Carlos Henrique, categoria mirim. Foto: Manoel Rene/Divulgação/Notisul

Imbituba (SC)

Após as duas primeiras etapas realizadas em 2017, a Associação de Surf Imbitubense (ASI) realiza neste fim de semana, dias 3 e 4 de março, na praia de Itapirubá, a última etapa do Imbituba Surf Tour 2017. O evento que definirá os campeões locais em cada categoria, e finalizará os trabalhos da entidade referentes ao ano em questão. 

A terceira etapa do Imbituba Surf Tour é apresentado pela Vida Marinha, Sicredi e Trench Town. “Os duelos estarão definidos em breve, mas a expectativa entre os atletas é grande para colocar mais este resultado em seus currículos e terminarem o ano de 2017 bem ranqueados. O calendário de competições da ASI e de diversas entidades foram adiados, mas a ideia é fechar o ano de 2017 e começar a se preocupar com o circuito 2018”, comenta o Presidente da ASI, Henrique de Bona.

Na categoria espumeiro, a disputa está praticamente entre Victor Midon e Gabriel Ogasahara, com certa folga no ranking em disputa para os concorrentes seguintes. No Feminino, Fernanda Espíndola (1º), Andreza Barcelos (2º), Natalie Patchie, Ariela Reichert e Joana de Bona, todas com chances ao título 2017, transformam a categoria numa das mais disputadas. Na categoria Adaptados, Robson Gasperi e Luciano Nem Silveira lideram a disputa.

Na Infantil, Lucas Cainan, Brian Ximenes e Vitor Midon estão mais próximo do título. Na Iniciantes, Otavio Henrique disparou na pontuação, mas tem Gustavo Martins em seu encalço ainda. Na Júnior, Gustavo Borges (1º) e Giovanne Picaski quase isolados no ranking a frente dos outros concorrentes, devem fazer um corrida particular pelo título nesta etapa.

Na categoria Mirim, três atletas – Kallan Kortz (2º), Otavio Henrique (3º) e Vinicius Barcelos (4º) -, torcem para que o líder, Carlos Henrique, não consiga chegar até a final, já que abriu boa vantagem para a disputa do título com mais de 600 pontos de diferença. Na Máster, Bruno de Bona (1º), Leandro Elias ‘Bananinha’ (2º) e Roni Ronaldo (3º), se isolaram na disputa, brigam pelo título, e nesta categoria tudo pode acontecer, já que conta com surfistas experientes.

Profissionais de Garopaba, Imbituba e Laguna disputam o título de Campeão Imbitubense

Na categoria Profissional, a ASI lembra que a disputa agora se resume a surfistas da micro-região do sul do estado. Garopaba, Imbituba e Laguna. O título de Campeão Imbitubense 2017. Entre os postulantes ao título e ranqueados na ASI, o líder é Felipe Ximenes de Garopaba, tendo logo atrás os sufistas locais de Imbituba, Carlos Henrique Guimarães, Jonas Tatuíra. e Giovanne Picaski.

Mais informações por email comprovanteasi@gmail.com. A ASI comunica que não serão aceitas inscrições no dia do evento, salvo vagas em aberto em uma das categorias.