Priscila Loch
Imbituba
 
A vitória não veio e o empate conquistado ontem não foi suficiente para tirar o Imbituba da zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense. Com apenas dois pontos conquistados em quatro jogos e 22% de aproveitamento, o time da Amurel e o Avaí seriam rebaixados à Divisão Especial se a competição encerrasse hoje.
 
Mesmo com o fator casa, a Águia do Litoral não conseguiu superar a até então líder Cahapecoense e ficou no 2 a 2 no Estádio Emília Mendes Rodrigues. A equipe anfitriã até saiu na frente no marcador, mas permitiu a virada e, para alívio da torcida, arrancou o empate.
 
O primeiro gol foi marcado pelo estreante Luan, aos sete minutos. Ele chutou de perna esquerda, de fora da área, e acertou o canto direito. O empate veio meia hora depois, dos pés de Aloísio.
 
Na segunda etapa, a Chapecoense saiu na frente logo aos seis minutos, com Marcos Alexandre, de perna esquerda, sem chances para o goleiro Sergio.
 
O Imbituba então passou a correr atrás do prejuízo e se lançou ao ataque. Aos 16, veio o resultado do esforço. Com uma bola roubada do contra-ataque, Roger fez uma linda jogada e acertou a trave. Na sobra, Baiano empurrou para o fundo da rede.
 
O campo encharcado atrapalhou um pouco, na visão do capitão da Águia, Sergio. “Os dois times tiveram oportunidade de matar o jogo, mas ninguém conseguiu. Temos que trabalhar muito para chegar a um melhor nível, para que o torcedor possa ter mais alegrias”, analisa.
O próximo desafio do Imbituba será contra o lanterna Avaí, quinta-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.