Maycon Vianna
Tubarão

O projeto de modernização do Hercílio Luz Esporte Clube, de Tubarão, começa a ganhar formas e empolga dirigentes e torcedores do tradicional Leão do Sul. Duas empresas estão em fase final de estruturação. A primeira é a HL Participações, destinada aos empresários do futebol que estão dispostos a investir no futebol hercilista.

“Fazemos reuniões frequentes com o intuito de saber quem realmente está a fim de participar do clube e até mesmo conseguirmos novos sócios-empresários. Outros clubes catarinenses já têm este tipo de empresa e nós não ficaremos para trás. A ideia condiz com a realidade do futebol, ou seja, pessoas que gostam do esporte e especialmente do clube investindo para fazer um Hercílio Luz mais forte”, diz o diretor de futebol do Leão, Cláudio Fernandes.

O projeto é encabeçado por pessoas ligadas ao futebol e tem como meta buscar recursos ao clube e apostar em novos jogadores.
A segunda empresa é Hastel, uma associação dos amigos do Hercílio Luz. Tem o intuito de trazer novos investimentos ao Hercílio Luz no que diz respeito à estruturação física e valorização do patrimônio.

“Geralmente, a reunião para discutir estes assuntos mais voltados ao patrimônio do clube ocorre sábado. O secretário estadual de articulação nacional, Geraldo Althoff, está motivado para ajudar o Hercílio”, revela Cláudio.
O diretor Nivaldo Tonelli é um dos responsáveis pelo processo de contabilidade e garante que, em cerca de dois meses, as duas novas empresas devem estar prontas e em funcionamento.