Marco Antonio Mendes
Tubarão

Foi no dia 1º de maio do ano passado a volta do Hercílio Luz aos campos. Era uma participação no campeonato Citadino de futebol amador de Tubarão. No estádio, os torcedores demonstravam muita ansiedade. Afinal, fazia tempo que o tradicional clube de Santa Catarina não jogava.

Hoje, a ansiedade está bem maior do que no ano passado. O 11º clube registrado na Confederação Brasileira de Futebol retorna, depois de 13 anos, para o futebol profissional. O time licenciou-se da Federação Catarinense de Futebol quando estava na 1ª Divisão (hoje chamada de Divisão Principal). Os dirigentes daquela época sabiam que, quando quisessem retornar, teriam que ser em uma divisão inferior.

“No começo deste ano, fomos conversar com a federação. Acho que o time tem bastante prestígio, porque aceitaram nossa entrada no campeonato sem problemas. Fomos o primeiro time a pedir para participar”, lembra o presidente do Hercílio Luz, Édio Braz Ricardo.
Para chegar até aqui, foi necessário muito trabalho. A primeira necessidade era dar ‘uma geral’ no estádio Anibal Costa, abandonado por muito tempo. “Tinha grama até na trave”, relata o presidente.

Parcerias que não deram certo foram tentadas. Em meio às criticas de pessoas que não concordavam com dois times na cidade, a diretoria acreditou na possibilidade de montar uma equipe que possa trazer mais um título para Tubarão.
O time foi montado às pressas. Em menos de um mês e com o calendário apertado, a movimentação ficou intensa no estádio. Os jogadores, sob o comando do técnico Paulo Cunha, treinaram intensivamente todos os dias.

Na tarde desta sexta-feira, em contagem regressiva para a estréia, podia-se observar um grupo concentrado. Jogadores e comissão técnica que sabem da responsabilidade e do peso nas costas que carregam. “Não é só responsabilidade. É uma honra poder dirigir o time que está há tanto tempo parado e que tem tamanha tradição na cidade”, destacou Paulo Cunha.

O confronto contra o Juventus, pelo Campeonato Catarinense da Divisão Especial, será neste domingo, às 15 horas, no estádio Anibal Costa.