Mesmo com alguma dificuldade na criação, principalmente no primeiro tempo, Atlético-MG foi superior e conseguiu sair vitorioso dentro de casa.

Tubarão

No Independência, o Atlético-MG recebeu o Libertad-Paraguai pela 4ª rodada da Libertadores. Com ambas as equipes empatadas com quatro pontos, só a vitória interessava para o Galo. Foi sofrido, mas o Galo venceu por 2 x 0, gols de Robinho e e Cazares, assumindo a liderança do Grupo 6. Na próxima rodada, o Atlético-MG vai até o Estádio Samuel Vaca Jimenez, enfrentar o Sport Boys da Bolívia, enquanto o Libertad receberá o Godoy Cruz, da Argentina, em um duelo de vida ou morte.
O primeiro tempo foi de domínio absoluto do Galo. A primeira chegada foi aos dois minutos, após lindo drible de Otero, mas o cruzamento do venezuelano não encontrou ninguém na área. O Libertad teve sua única chance minutos depois, na finalização de Medina para boa defesa de Victor. Aos 12, Otero cobrou falta com veneno, Muñoz espalmou e no rebote, Fred finalizou na rede pelo lado de fora. Buscando superar a catimba dos paraguaios, o Galo voltou a assustar aos 27, mas Rafael Carioca finalizou por cima do gol. Na última chance da primeira etapa, Otero cobrou falta forte e a bola explodiu no travessão.
Na etapa final, a primeira oportunidade foi novamente do Galo, quando Leonardo Silva subiu mais alto que a defesa, mas cabeceou para fora. Depois, Roger colocou Rafael Moura, tirando o venezuelano Otero, que era o melhor do Atlético-MG na partida. A partir disso, a equipe paraguaia melhorou e passou a dominar a partida. Aos 18, a bola ficou para Aquino, na pequena área, mas Victor operou um milagre e salvou o Galo no Horto. Dois minutos depois, o Libertad quase aproveitou o vacilo da dupla de zagueiros, mas a bola saiu em escanteio. No pior momento da equipe, os craques resolveram: aos 26, Fred fez o pivô e tocou para Robinho abrir o placar, 1 x 0. A partida voltou a ficar sob o domínio do Galo, que ampliou no fim: aos 43, Rafael Moura chutou e no rebote, Cazares, que entrou depois do primeiro gol, selou a vitória e a liderança do grupo, 2 x 0.