Cabo Frio (RJ)

A Unisul/Seguridade/Penalty jogou bem e conseguiu uma grande vitória diante do Cabo Frio/Macaé/Cimed, na noite de ontem, pelo placar de 3 a 2, de virada, melhorando a sua posição na tabela de classificação da Liga Futsal. De quebra, eliminou o Cabo Frio da competição.

Isso porque o clube fluminense dependia de uma vitória para continuar a lutar pela classificação. Como não o fez, manteve-se com 24 pontos e foi ultrapassado pelo Joinville, que ficou com a décima segunda colocação. A Unisul foi aos 31 pontos e ficou na quarta posição, já classificada à próxima fase.

Precisando de uma vitória a qualquer custo e preparada para imprimir uma grande pressão já no início do confronto contra a Unisul, a equipe de Cabo Frio atacou desde o começo e não tardou a abrir o placar, por meio de Alvim, que finalizou bem uma bola sobrada após chute que bateu em Rafael e sobrou para ele.

Apoiados pela torcida, mas demonstrando cansaço por conta da última viagem a Santa Catarina e Rio Grande do Sul, os fluminenses diminuíram o ritmo de jogo, o que fez com que os tubaronenses adiantassem a sua marcação e tentassem uma pressão em busca do empate.
E, após algumas tentativas, coube a Gordo conseguir o empate para a Unisul.

A partir daí, as chances de gol reduziram, já que os dois clubes buscavam primeiro não errar para que não fossem criados riscos a suas defesas. Cabreúva tentava por meio de jogadas individuais e os cabofrienses arriscavam chutes, mas nada de mais importante ocorreu.