Belo Horizonte (MG)

Na estreia de Fernandão, o São Paulo venceu o Cruzeiro por 2 a 0, em Belo Horizonte, e ficou em boa situação para avançar à semifinal da Copa Libertadores. O reforço, vindo do Goiás, entrou na vaga que era ora de Fernandinho, ora de Washington.
O atacante não marcou , mas mudou a característica de jogo do time paulista, que passou a trocar mais passes. De lambuja, ainda deu um passe de calcanhar para Hernanes marcar o segundo gol.

No jogo de volta, marcado para a próxima quarta-feira, em São Paulo, o Tricolor pode até perder por um gol de diferença para garantir a classificação para a próxima fase da competição continental.

O São Paulo teve mais mudanças na escalação, além da entrada de Fernandão. Na zaga, Miranda não jogou por causa da morte de sua irmã e foi substituído por Xandão. No meio, o técnico Ricardo Gomes barrou Jorge Wagner e escalou Richarlyson.
Já o Cruzeiro entrou em campo sem o zagueiro Leonardo Silva, expulso na segunda partida das oitavas-de-final contra o Nacional-URU. Gil entrou em seu lugar.
O Cruzeiro assustou o São Paulo pela primeira vez aos nove minutos. Após cobrança de escanteio, Henrique cabeceou e Rogério Ceni, atrapalhado por Kleber, defendeu no susto.

Aos 23 minutos, a equipe paulista chegou ao gol. Marlos tabelou com Fernandão, invadiu a área pela direita e tocou para Dagoberto completar.
Em desvantagem no marcador, o Cruzeiro partiu para o ataque para buscar o empate. Sem sucesso.
O segundo gol do São Paulo saiu aos 21 minutos da etapa final. Hernanes recebeu de Fernandão, escolheu o canto e superou o goleiro Fábio, fechando o placar.