Priscila Loch
Tubarão

O futebol feminino é motivo de muito orgulho na Escola Martinho Ghizzo, localizada no bairro Passagem, em Tubarão. As meninas são feras no esporte. Conquistaram cinco vezes a etapa municipal do Moleque Bom de Bola (2002, 2003, 2004, 2008 e 2009). Em uma das edições, chegaram à fase estadual (antes disso, tiveram que encarar a microrregional e a regional).

O time masculino também fez bonito este ano. Ficou em segundo lugar na disputa entre as escolas da cidade. O campeonato foi disputado entre os últimos dias 18 e 20, na 3ª Cia de Infantaria do 63º Batalhão de Infantaria (Exército).
As 15 meninas (todas com menos de 14 anos) que compõem a equipe só pensam na vitória na etapa microrregional, em Gravatal, em data ainda não definida – provavelmente em agosto. “Queremos ganhar. Adoro jogar, aprendi com meu pai e meu padrinho”, conta a atleta Jéssica Serafim da Silva, 13 anos.

A treinadora do time, a professora de educação física Fabiane Santos, e o diretor da escola, Orquiz Oliveira Nunes, destacam como o ensino e a força de vontade podem mudar conceitos perante a comunidade. “Também temos coisas positivas a mostrar”, ressalta a professora. “Somos mais que uma escola que é alvo frequente de atos de vandalismo”, acrescenta o diretor, enaltecendo o trabalho voluntário de Fabiane como treinadora.