Ideia é que Tubarão tenha apenas um time profissional
Ideia é que Tubarão tenha apenas um time profissional

 

Thiago Oliveira
Tubarão
 
Após mais um fracasso dos times tubaronenses na Divisão Especial do Campeonato Catarinense, o assunto fusão ganha cada vez mais força nas ruas da cidade. A ideia de ter apenas um clube que represente Tubarão anima empresários e ex-presidentes de Hercílio Luz e Atlético Tubarão.
 
Ex-presidente do extinto Tubarão e ex-tesoureiro do Hercílio Luz, o empresário Rui Lima afirmou que a fusão é bem-vinda, desde que feita com organização. “Todo mundo tem que apoiar. A cidade tem que se mobilizar. Não é só bater a fotografia e ir embora. No dia que conseguirem isso, eu volto a colaborar”, anuncia.
 
Pedro Almeida, ex-presidente do Atlético Tubarão, é outro que apoia a ideia. “Eu sempre fui favorável, desde a época que eu era presidente. A cidade não comporta dois times”, reforça Pedro. E acrescenta: “É o Hercílio Luz que não quer”.
 
O advogado Clovis Damasceno Paz, ex-diretor do Leão e ex-presidente do Atlético Tubarão, vai mais além na discussão. Para ele, mais do que uma fusão, é necessário um projeto com um fundo de investimento para gerir o esporte. “O futebol mudou, profissionalizou-se, virou empresa. Se não for assim, não dá certo. Independente de nome, time e local, tem que ser viável”, analisa.
 
O prefeito de Tubarão, Manoel Bertoncini, manifestou-se publicamente a favor da união dos dois clubes. Na entrega de recursos do governo do estado para os times, há cerca de duas semanas, ele pediu para que os presidentes cheguem a um entendimento para a formação de somente uma equipe profissional.
 
Discussão nas redes sociais
A possível fusão tem dado o que falar nas redes sociais, gerando, inclusive, discussões acaloradas. No Orkut, em uma comunidade do Hercílio Luz, torcedores mostraram-se contrários a uma união dos dois clubes.
“O presidente do Hercílio devia ter pulso firme e dizer que não vai ter fusão e ponto final. Devia acabar com isso, devia conquistar a confiança dos empresários da cidade”, comentou uma torcedora. Outro foi ainda mais incisivo: “Fusão de quê? O que o outro time tem para fazer fusão?”
Já no Facebook, um torcedor criou uma página pedindo a união dos clubes. Com o nome “Eu digo sim à fusão”, ele defende apenas um time na cidade de Tubarão.