O catarinense Alessander Lenzi conquistou o título na modalidade jet waves.
O catarinense Alessander Lenzi conquistou o título na modalidade jet waves.

Garopaba

O catarinense Alessander Lenzi, de Jaraguá do Sul, o carioca Marcelo Trekinho, e o paulistano Kalay Marques conquistaram os títulos da primeira edição do Over Limits, nas modalidades de jet waves (manobras com jet nas ondas), sling shot (surf aéreo) e paraquedismo swoop (pouso radical), respectivamente.

As disputas, iniciadas na última sexta-feira na praia da Ferrugem, em Garopaba, terminaram ontem. Na modalidade do jet waves, na categoria pro, a bateria final entre Lenzi e o gaúcho Tiago Geitens, de Canoas, foi das mais equilibradas.
Lenzi, que no mês passado perdeu na semifinal do 13º Jet Waves World Championship para o piloto do Rio Grande do Sul, devolveu a derrota ontem e levou o título.

Boa parte das 31 baterias do sling shot foram equilibradas e apresentaram alto nível técnico. Marcelo Trekinho era um dos favoritos para conquistar o título. Teve boa performance nas cinco baterias que disputou. Na semifinal derrotou o pernambucano Paulo Moura. Na decisão enfrentou o catarinense Gustavo Schilicmann e levou a melhor.

No swoop as condições climáticas estiveram desfavoráveis na última sexta-feira, o que impediu a realização dos saltos. No sábado, o tempo colaborou e alguns dos melhores paraquedistas do país puderam mostrar técnica e habilidade. Kalay, que soma cinco títulos brasileiros no currículo, terminou com a vitória da competição, seguido por Paulo Perini e José Palhares, ambos de São Paulo.