Sabe-se que a prática de esportes em muitos casos é um divisor de águas. Contribui em vários aspectos da vida, tanto social quanto físico. Porém, muitos não dispõem de recursos para usufruir dos benefícios que esse envolvimento com o esporte proporciona.

Em Tubarão, no bairro São João, um projeto para iniciar adolescentes no esporte começa a criar forma. O professor de educação física Jonathan Cardozo Adriano, está destinando um espaço em sua academia para atender adolescentes entre 10 e 15 anos.

A intenção é trabalhar a socialização da disciplina dentro do Jiu-Jitsu com as crianças de baixa renda. “Será feita uma anamnese com um psicólogo para conhecer o histórico familiar. Também faremos uma visita na casa do aluno, para conhecer as reais condições financeiras”, detalha.

Ele conta que já tem um projeto em funcionamento, mas fica em outro bairro. Além disso, lá é de futebol. “Já trabalho com futebol na passagem, aqui como temos atleta de Jiu-Jitsu que dará aula para adultos, a intenção é trabalhar o social com os adolescentes”, pontua.

Mas para que o projeto saia do papel o professor busca apoio. “O espaço já temos, no entanto, precisamos de recursos para a compra do tatame, de materiais e roupas para os treinos. Esperamos poder contar com empresários dispostos a investir no futuro dessa gurizada”, afirma.

Inicialmente, a ideia é ter duas aulas por semana nos turnos matutino e vespertino, mas ainda está em estudo. Os interessados em contribuir com o projeto podem entrar em contato com o  Jonathan pelo telefone 48 9635-3353 e obter outras informações.