Michel Nunes (com a bola) jogou pela Ulbra (RS). O atleta teve passagem pelo Grêmio e foi um dos destaques do Imbituba no acesso em 2009 e no 4º lugar na série A do Estadual em 2010
Michel Nunes (com a bola) jogou pela Ulbra (RS). O atleta teve passagem pelo Grêmio e foi um dos destaques do Imbituba no acesso em 2009 e no 4º lugar na série A do Estadual em 2010

 

Cleber Latrônico
Tubarão
 
Seguindo o ditado de que “em boca fechada não entra mosca”, a diretoria do Hercílio Luz prefere não divulgar nomes de atletas já acertados com o clube. Os dirigentes deixarão o mistério no ar até a próxima segunda-feira, quando apresentarão o elenco completo no Estádio Anibal Costa.
 
A decisão foi tomada na manhã de ontem, quando a cúpula colorada reuniu-se com o técnico Joceli dos Santos, no próprio estádio. Segundo o gerente de futebol de uma das parceiras do clube, André Barcelos, da Peerc3, o mistério quanto aos nomes é para não atrapalhar nas negociações.
“No futebol, é preciso ter cautela. Temos pelo menos 15 jogadores já acertados conosco, no entanto, se divulgarmos nomes, atravessadores podem aparecer”, explicou André.
 
Alguns nomes estão bem cotados para vestir a camisa do Hercílio na disputa da Divisão Especial. São os casos de jogadores que disputaram a Copa SC pelo Marcílio Dias, com Joceli, os quais o treinador não esconde que gosta de trabalhar, levando-os consigo para os clubes por onde passa: os zagueiros Michel Nunes, Luís Henrique e André Luiz, o atacante Leonardo. O volante Nilson Sergipano e o goleiro Ney também podem vir do Marinheiro. De certeza mesmo, somente o já anunciado volante Alejandro e o lateral Samuel. Ambos defenderam a equipe no ano passado.