Wagner da Silva
São Ludgero

O placar de 2 a 2 não demonstra o que foi o jogo entre Unisul/Seguridade/Penalty e Apofucri/Unesc, na noite de ontem, em São Ludgero. Com o resultado, a equipe de Tubarão divide o primeiro lugar com Joinville/Krona/DalPonte, com 16 pontos.

O tropeço dificulta o objetivo principal do time de Paulinho Gambier em finalizar a segunda fase em primeiro lugar, porque os joinvilenses possuem mais dois jogos pela frente e a Unisul apenas um, justamente contra o principal rival desta etapa.

A Unisul iniciou tocando muito a bola e completando pouco para o gol, o que deixou o treinador bastante nervoso. Após a primeira solicitação de tempo, a equipe conseguiu finalizar mais, mas sem gols. Assim, quem aproveitou foi a Unesc, que, aos 11 minutos, abriu o placar. Depois de um bate-rebate, Marquinho chutou e fez 1 a 0 e este foi o resultado do primeiro tempo.

No período final, a Unisul iniciou bem e conseguiu o empate com menos de dois minutos. Raphael aproveitou o escanteio. Mas os tubaronenses voltaram a desperdiçar oportunidades ao errar muito nas finalizações, novamente dando espaço para a Unesc, que voltou a sair na frente. Aos 17 minutos, Murilo matou no peito e, de bicicleta, colocou a equipe de Siderópolis novamente na frente. Quando o resultado parecia definido, Ivan, em cobrança de falta direta, deu números finais à partida.

Para o técnico Paulinho, os erros da partida custaram a vitória. “A nossa equipe estava muito melhor em quadra, mas não soube aproveitar. Eles deram apenas dois chutes a gol no segundo tempo. Como só vale bola no fundo da rede, acabamos saindo com um resultado não expressivo”, comentou.
O próximo confronto será terça-feira, também em São Ludgero, contra o Joinville, às 20h30min.