Grizzo afirma não concordar com a justificativa de que faltou comando de sua parte.
Grizzo afirma não concordar com a justificativa de que faltou comando de sua parte.

Priscila Loch
Tubarão

Grizzo não é mais o técnico do Hercílio Luz. Em reunião ontem à noite, a diretoria optou por dispensá-lo. A intenção é anunciar o novo treinador esta semana, quem sabe ainda hoje.
A derrota do Leão do Sul para o Próspera no último domingo, por 2 a 1, foi decisiva para a demissão. A equipe de Tubarão não tem mais chances de levar o título do turno da Divisão Principal do Campeonato Catarinense. “Agora, vamos focar no segundo turno, temos que ter muita força para buscar a classificação. Temos pressa em contratar um novo técnico, já conversamos com uns quatro ou cinco”, relata o supervisor de futebol André Mattos Barcelos.

Grizzo estava em Imbituba ontem e deve voltar hoje de manhã a Tubarão para se despedir dos jogadores. “Não concordo em ser tirado para Cristo. Não foi falta de comando”, lamenta o treinador.
O preparador de goleiros Carlinhos Itaberá e o preparador físico Adilson Fauth, que chegaram com Grizzo, poderão permanecer no clube se quiserem. Inclusive, é Fauth quem comanda o treino de hoje de manhã, na reapresentação dos jogadores. À tarde, os trabalhos serão conduzidos por Eduardo Porton, técnico das categorias de base.

Um dos nomes cotado e especulados como praticamente certo é o de Arnaldo Lira, que já passou pelo Tubarão Futebol Clube e Atlético Tubarão. Ele confirma que foi procurado. “Vou conversar com a minha mulher e, se acertar, devo chegar até o fim da semana”, esclarece Lira.

Atuação de Grizzo
Grizzo chegou ao clube no dia 4 de maio para a pré-temporada e realizou oito jogos oficiais pelo clube: um amistoso quando venceu o Criciúma (seus ex-clube quando jogador) por 2 a 0 e sete válidos pela Divisão Principal do Campeonato Catarinense, com quatro vitórias e três derrotas.