Rafael Andrade
Tubarão

O caneco do returno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense deve mesmo ir para Itajaí. O Marcílio Dias está a um empate do título. Como o Peixe, o Marinheiro deve disputar o quadrangular final da competição com um ponto de bonificação.

A última rodada não foi boa para o Peixe, que caiu uma posição na tabela do returno (agora é o terceiro) – foi ultrapassado pelo Concórdia – e deixou escapar as chances de ser campeão de mais uma fase – já venceu o turno. Por isso, o técnico Suca deve poupar boa parte do elenco tricolor.

Os jogadores Paulinho, Xavier e Valdo – sensação e artilheiro do Peixe, com 13 gols -, lesionados, serão poupados no confronto de amanhã à noite, às 20h30min, na Vila, contra o Joaçaba. Será uma partida para possíveis testes dos atletas que não estavam atuando ou atuavam pouco.

“Ainda preciso avaliar a situação do restante do elenco amanhã à tarde (hoje), quando faremos um treino para definir o time titular. É hora de nos concentrarmos exclusivamente ao quadrangular e buscar a vaga à Divisão Principal”, salienta o técnico do Peixe, Suca.

Outros titulares, como Rafael Xavier, Adilson, Mateus e Alan, também podem ser poupados com o objetivo de voltar 100% na próxima semana. O torcedor do Atlético Tubarão está confiante no acesso à elite do futebol catarinense.

A difícil a matemática do Hercílio Luz

A situação do Hercílio Luz é preocupante na Divisão Especial do Campeonato Catarinense. O time ocupa a quinta posição geral, atrás do rival XV de Indaial. O torcedor colorado promete muito apoio amanhã à noite, às 20h30min, no Estádio Anibal Costa, em Tubarão.

O time comandado pelo técnico Cássio Carrera aposta todas as suas fichas no jogo contra o Camboriú. Caso o Leão vença e o XV perca, a última vaga para o quadrangular decisivo será decidida somente na última rodada. Se o time de Indaial vencer amanhã, o Leão não terá mais chances, pois o adversário terá mais vitórias.