Marco Antonio Mendes
Tubarão

A primeira rodada do Campeonato Catarinense da Divisão Especial será no dia 13 de julho. Navegantes será o adversário do Hercílio Luz na partida de estréia, que ocorrerá em Tubarão.

O Hercílio faz parte do Grupo B e disputará com Guarani, Próspera, Imbituba, Camboriuense e Navegantes. No Grupo A, estão Brusque, Juventus, Concórdia, Joaçaba, Internacional e Grêmio Timbó. Porém, há possibilidades de mudança, uma vez que os clubes dependem da avaliação de laudos de condições dos estádios e pagamento de dívidas pendentes. Porto, Videira e Caçador podem substituir algum time que não for aprovado.

Segundo o presidente do Leão do Sul, Édio Braz Ricardo, na próxima semana já poderá haver novidades referentes ao time e à comissão técnica. “Estamos fazendo alguns contatos a partir de uma lista de atletas que temos”, destaca Édio.
O clube havia firmado parceria com o centro de treinamento de atletas Estrela Real, de Viamão (RS), mas rescindiu o contrato semana passada. Agora, a equipe de Tubarão formará o próprio time e segue em busca de apoio.

A competição
Os detalhes do Campeonato da Divisão Especial foram definidos em reunião com os dirigentes dos 12 clubes que participarão e o conselho da Federação Catarinense de Futebol, em Balneário Camboriú.
Os times foram divididos em dois grupos de seis equipes, conforme região, e se enfrentarão em etapas de turno e returno. Os dois primeiros colocados de cada fase da disputa se classificarão às semifinais. Nesta etapa do campeonato, os clubes se enfrentarão em confronto de eliminação, em jogos de ida e volta.

Assim, os campeões estarão nas finais, que serão disputados em forma de confronto eliminatório.
O vencedor do Campeonato da Divisão Especial terá vaga na competição do próximo ano da Divisão Principal – campeonato este já disputado por Atlético Tubarão. Três clubes serão rebaixados, que são os que ficarem em últimos lugares (sexta posição) e aquele que perder na disputa entre os quintos colocados.