Priscila Loch
Tubarão

Os torcedores do Atlético Tubarão saíram eufóricos do Estádio Domingos Gonzales ontem à tarde. O Peixe venceu por 2 a 0 o clássico contra o Hercílio Luz, pela quinta rodada do turno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense, e empolgou até os mais descrentes sobre a possibilidade de retornar à elite do futebol estadual.

Foi um jogão de bola, com estádio lotado e apoio maciço da torcida do Tubarão (cerca de 80%). No primeiro tempo, o Leão teve mais chances de marcar. Porém, os times foram para o intervalo com o placar zerado.

Na segunda etapa, o panorama do jogo mudou. O técnico Suca substituiu Alan por Roger e o Peixe passou a dominar e conseguiu abrir o marcador logo aos cinco minutos. A vitória foi confirmada aos 45, com Leonardo, em rápido contra-ataque.
Com nervos à flor da pele, dois jogadores do Hercílio foram expulsos no finalzinho da partida. O lateral esquerdo Mateus deu um tapa no meia-atacante Roger aos 41 minutos e o zagueiro Kaiser uma rasteira no atacante Leonardo. Ambos receberam cartão vermelho.

Com o resultado negativo – o Leão caiu da oitava para a vice-lanterna -, o técnico Paulinho Portugal colocou o cargo à disposição. Ele deve reunir-se com os dirigentes do clube hoje à noite para definir se permanece ou não.
Já o Peixe, subiu da quarta para a terceira posição na tabela.

Próximos jogos
Na próxima rodada, o Hercílio Luz joga em casa, no Estádio Anibal Costa, onde recebe o XV de Outubro domingo, às 16 horas. No mesmo dia e horário, o Atlético Tubarão vai até Camboriú, no Estádio Roberto Santos Garcia, onde enfrenta o Camboriú F.C.