Rafael Andrade
Tubarão

O Atlético Tubarão enfrenta o Marcílio Dias neste domingo, às 16 horas, no Estádio Domingos Gonzales, em Oficinas. O atacante Diego Pit Bull e o meia Roger foram desligados do clube nesta sexta-feira. A dupla envolveu-se em uma briga terça-feira.
“Não admitimos este tipo de comportamento no grupo. Pode influenciar outros atletas e abalar a equipe, por isso, rescindimos os contratos dos dois”, explica o presidente do Atlético, Dorli Rufino, o Licão.

É um jogo de seis pontos, já que o Marinheiro lidera a competição e é forte candidato ao título do turno. Se vencer, o Peixe pode assumir a liderança.
O Marcílio Dias está invicto na competição, junto com o Concórdia, que enfrenta o vice-lanterna Porto, também neste domingo à tarde. O técnico Suca terá mais um desfalque. O meia Rodrigo Bagé cumpre suspensão automática. Neste sábado de manhã, Suca comanda um treinamento para definir a equipe titular.

Caso o Peixe perca o jogo e o Concórdia ou XV de Indaial vençam as suas partidas desta sétima rodada, o time tubaronense fica com chances remotas de conquistar o título. Mas o elenco tricolor está confiante e só pensa na vitória.

Leão do Sul
Para o jogo da próxima segunda-feira, contra o Próspera, no Estádio Anibal Costa, às 20h30min, o Leão deve ousar ainda mais no ataque. O time comandado pelo técnico Paulinho Portugal participará de um coletivo na Toca, neste sábado, para definir a equipe que enfrenta o Time da Raça. A goleada por 3 a 0 na última rodada mudou completamente os ânimos colorados. A notícia que pode entristecer um pouco os torcedores é o aumento no valor dos ingressos das arquibancadas descobertas.

Conforme uma norma da Federação Catarinense de Futebol (FCF), o valor mínimo dos ingressos deve ser de R$ 15,00. Até o último jogo, os hercilistas pagavam R$ 10,00 nas descobertas. Para as arquibancadas cobertas, o torcedor terá que desembolsar R$ 20,00 e para as cadeiras R$ 50,00.