Rafael Andrade
Criciúma

O torcedor do Hercílio Luz já comemorava a vitória por 1 a 0 contra o Próspera, ontem à tarde, no Estádio Mário Balsini, em Criciúma, quando o Time da Raça fez jus ao apelido.

Jadson abriu o placar ainda na primeira etapa, mas aos 45 minutos do segundo tempo, quando o juiz já estava praticamente com o apito na boca, Murilo deu o golpe e empatou a partida.

Com isso, o clube tubaronense viu a chance de assumir o quarto lugar na classificação geral da Divisão Especial do Campeonato Catarinense ir por água abaixo.

Com este resultado, o Colorado foi a 23 pontos e segue na quinta colocação geral, a três pontos do quarto colocado, o XV de Indaial, por enquanto classificado ao quadrangular final. Restam duas rodadas para o fim do returno e o Leão não tem mais chances de conquistar a classificação como campeão desta etapa.

O Próspera já está matematicamente eliminado. Tem 15 pontos na classificação geral e ocupa a oitava posição na tabela. Agora, para se classificar nestas duas próximas rodadas restantes, o Leão precisa vencer ambas e torcer para o XV perder um jogo.

Nesta quarta-feira, às 20h30min, o Hercílio tem um jogo decisivo contra o Camboriú, em Tubarão. O rival XV de Indaial recebe o Marcílio Dias, que precisa de mais uma vitória para conquistar o returno.

A uma vitória do título
O Marcílio Dias venceu o Atlético Tubarão por 1 a 0 ontem, em Itajaí, com um gol de Felipe Oliveira (ex-Imbituba). O time está a dois pontos do título do returno do Campeonato Catarinense da Divisão Especial. O Atlético Tubarão era adversário direto em busca do returno, mas deixou escapar mais uma chance.

O time comandado pelo técnico Suca ainda tem a oportunidade de erguer o caneco desta fase, mas é uma tarefa difícil já que o Marinheiro está com sete vitórias em sete jogos e quer comemorar o título em Indaial, nesta quarta-feira. Ao Peixe resta torcer contra o Tricolor do Vale e o Concórdia e vencer as suas duas últimas partidas. Aí sim pode ser que consiga ficar com a taça do returno.