Rafael Andrade
Tubarão

Muita coisa pode mudar até domingo, quando ocorrem dois jogos em Tubarão pela Divisão Especial do Campeonato Catarinense. O Hercílio Luz recebe o Próspera no Estádio Anibal Costa, às 16 horas. Já o Atlético Tubarão, enfrenta o líder Marcílio Dias, às 18h30min, na Vila, em Oficinas. Será a partida mais difícil do Peixe nesta fase.

O dia e o horário são oficiais e constam na tabela de jogos da Federação Catarinense de Futebol (FCF), no entanto, as diretorias dos dois times avaliam a mudança em um dos horários. A transferência de um confronto para 10 horas ou 20h30min não é descartada.
Tudo será discutido entre os diretores dos clubes tubaronenses e os representantes da FCF, hoje e amanhã. Se houver mudanças, o torcedor ficará sabendo sexta-feira ou sábado.

O maior entrave para realizar as partidas seguidas é a falta de tempo hábil para a Polícia Militar da cidade organizar a segurança dos arredores e dentro do Estádio Domingos Gonzales, já que o mesmo efetivo trabalhará na partida do Leão contra o Time da Raça, de Criciúma, deve atuar no outro jogo.
O major Giovani Livramento, comandante da 2ª Companhia do 5º Batalhão da PM de Tubarão e responsável pelo policiamento ostensivo na cidade, deve planejar a segurança nos locais hoje e amanhã.

Outro problema sério será para os profissionais de imprensa das emissoras de rádio e televisão da cidade. Eles terão que se deslocar muito rapidamente da Toca para a Vila, instalar todos os equipamentos e cobrir o jogo. E agora? Quem vai mudar o horário? Se é que vai mudar!