O Hercílio começou bem, mas deixou o Próspera virar, aos 47 minutos do segundo tempo.
O Hercílio começou bem, mas deixou o Próspera virar, aos 47 minutos do segundo tempo.

Amanda Menger
Tubarão

Com um gol aos 47 minutos do segundo tempo, o Próspera venceu, de virada, o clássico do sul catarinense na casa do Hercílio Luz. O placar final, 2 a 1, marca a terceira derrota do Leão do Sul na penúltima partida do turno. O Hercílio Luz começou o jogo bem. Logo aos 7 minutos, Bugrão abriu o placar e comemorou o gol com a torcida.

O Leão teve outras chances durante o primeiro tempo, mas desperdiçou um pênalti aos 40 minutos. Bugrão foi derrubado na área e aí começou a confusão. Rodrigo Silva e Hudson disputaram para ver quem cobraria o pênalti. Rodrigo ficou encarregado, mas jogou para fora.

No início do segundo tempo, Fusca foi derrubado na área pelo zagueiro Bahiano e o árbitro não marcou o pênalti para o Hercílio. O Próspera reagiu e aos 39, Lito empatou. Nos acréscimos, aos 47 minutos, Lucas fez o segundo do time de Criciúma.
Com o fim da partida, o técnico Grizzo colocou o cargo a disposição. “Não sei se fico. Já é o terceiro jogo que perdemos em casa. Perdemos para nós mesmos”, desabafa o técnico. Para o próximo jogo, contra a Camboriuense, no domingo, às 15h30min, o Leão não contará com o atacante Bugrão. Ele levou o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática.

Imbituba também perde
Em jogo fora de casa, o Imbituba começou ganhando. Aos 33 minutos, Alan abriu o placar para o Imbituba. Aos 46, o Juventus empatou com Danilo. No segundo tempo, o time da casa ampliou aos 15 minutos e depois aos 43 minutos.
O técnico do Imbituba, Joceli dos Santos, reclamou da arbitragem. “Infelizmente saímos com um resultado que não estava nos nossos planos, mas ainda estamos na briga”, afirmou. Agora o Imbituba é o segundo colocado.