Maycon Vianna
Criciúma

Em jogo disputado na tarde de ontem, o Hercílio Luz sofreu mais uma derrota pela Chave B do Campeonato Catarinense da Divisão Especial. O jogador Assis, 20 anos, fez o gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo. O Leão precisava de uma vitória para respirar mais aliviado nas próximas rodadas.
O jogo no estádio Mauro Balsini, em Criciúma, começou truncado, com muita marcação no meio campo. A equipe de Tubarão não ameaçava o gol do Próspera. O Leão do Sul não contava com Márcio Abreu, suspenso por dois cartões amarelos.

Na primeira etapa, a partida não teve muitos lances de perigo, mas o Hercílio conseguia finalizar mais. No segundo tempo, com algumas substituições, as duas equipes voltaram mais motivadas e procuraram buscar abrir o marcador com alternativas pela lateral do campo.

Várias oportunidades foram criadas, com uma forte marcação, mas os tubaronenses não conseguiram finalizar com êxito. “Tínhamos que dominar a bola e tentar buscar o gol. Foi uma infelicidade perder no fim da partida. Acho que a equipe não merecia o resultado, pois estava bem na defesa. Agora, é tentar ganhar da Camboriuense”, avalia o técnico do Hercílio Luz, Anderson Scheffer.

Muitos erros de passe do Hercílio Luz caracterizaram a atuação do time no segundo tempo. E, quando parecia que o jogo terminaria empatado, o Próspera aproveitou um erro do sistema defensivo do Hercílio e marcou no fim da partida.
Em seguida, o árbitro Marco Antonio Martins, que tinha confirmado três minutos de acréscimo, encerrou o jogo.

O time de Tubarão caiu da segunda para a quarta posição da Chave B da Divisão Especial do Catarinense e o próximo adversário será a Camboriuense, sábado, em local e horário ainda a serem definidos. Já o Próspera, assumiu a vice-liderança, com quatro pontos, e na próxima rodada enfrenta o Juventus, em Jaraguá do Sul.