William Lampert/C.A. Tubarão/Divulgação/Notisul
William Lampert/C.A. Tubarão/Divulgação/Notisul

Tubarão

O meia Daniel Costa iniciou mais um ciclo com a camisa do Peixe. Após retornar de empréstimo do Santa Cruz, ele voltou a campo na última quinta-feira (3), entrando no segundo tempo contra o Figueirense na Vila. Neste domingo foi titular contra o mesmo adversário, desta vez no Orlando Scarpelli. 

Motivado, o atleta falou sobre a adaptação ao estilo de jogo da equipe. “Estou muito feliz em poder voltar a atuar pelo Tubarão. O jogador treina para estar dentro de campo ajudando. Fiquei um tempo aguardando a liberação e agora estou me adaptando ao estilo do Pingo, de posse de bola, ditar o ritmo do jogo. Estou gostando bastante”, afirmou o meio-campista.

Daniel Costa é o jogador que mais vezes vestiu a camisa do Tubarão nos últimos anos. Ao todo são 59 partidas, com 10 gols anotados. 

Ele elogiou a atuação da equipe contra o Figueirense, principalmente no primeiro tempo. “A gente procurou se empenhar mais, entrar mais atento, marcando em cima forte. Foi um bom primeiro tempo, deveríamos ter liquidado a partida ali, mas infelizmente fizemos apenas um gol. O grande esforço físico da primeira etapa pode ter pesado um pouco na segunda. Eles também colocaram mais jogadores no ataque, dificultando a marcação. Agora temos que encontrar esse equilíbrio para fazer os dois tempos com qualidade” avaliou.

O elenco se reapresentou na tarde desta segunda-feira (7). Os titulares no último confronto realizaram um trabalho regenerativo, enquanto reservas e não relacionados trabalharam no campo. O próximo compromisso do Peixe é na quarta-feira, contra o Almirante Barroso, com promoção de ingressos. A entrada na cadeira descoberta custará apenas R$ 5.