Se tivesse vencido, o Tigre teria retomado a liderança  -  Foto:Fernando Ribeiro/Criciúma E.C./Notisul
Se tivesse vencido, o Tigre teria retomado a liderança - Foto:Fernando Ribeiro/Criciúma E.C./Notisul

 

Criciúma
 
O Criciúma lutou, esteve à frente no placar, mas no fim acabou derrotado. Na tarde de ontem, o time do sul do estado perdeu para o Metropolitano por 3 a 2 no confronto válido pela oitava rodada do returno da Divisão Principal do Campeonato Catarinense.
 
Apesar da segunda derrota seguida no Estadual, o Criciúma depende das próprias forças para avançar à semifinal da disputa. No próximo domingo, na última rodada do returno, o Tigre encara a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó. Um simples 1 a 0 classifica o time criciumense, independente dos outros resultados.
 
Dentro de casa e com o apoio da torcida, o Criciúma abriu o placar na reta final da primeira etapa. Em bola lançada na área, Ozéia marcou o primeiro gol com a camisa criciumense. O empate dos visitantes veio minutos depois, com Pantico, aos 45.
 
A equipe de Blumenau virou o placar aos seis minutos do segundo tempo, com gol de Rafael Costa. O Tigre lutava muito e chegou ao empate com gol do atacante Zé Carlos. Mas, no fim, o Criciúma acabou derrotado. O Metropolitano fez o terceiro gol com Thiago Cristian, aos 40 minutos.