Taubaté

Após a derrota no primeiro jogo da Copa São Paulo de Futebol Júnior (2 a 1 para o Taubaté), a responsabilidade aumentou para o Atlético Tubarão. Ainda mais porque na sequência estava o Vasco da Gama, um dos grandes do país. E não faltou pressão dos cariocas. Mas o Peixe soube se segurar e garantiu um pontinho que ainda dá esperança. E por pouco não venceu.

No jogo realizado na tarde desta segunda-feira (7) no Joaquinzão, em Taubaté, o Vasco começou mais agressivo e quase abriu o marcador aos três minutos quando Caio Lopes concluiu e o goleiro Thiago defendeu com o pé esquerdo. Logo depois foi a vez de Thalles cabecear e obrigar o goleiro do Peixe a praticar outra boa defesa. 

O time de São Januário pressionava em busca do gol e o Tubarão só conseguiu chegar ao gol aos 12 minutos em conclusão perigosa de Diordi, após cruzamento de Bartelli. A partir dessa jogada, o Peixe ganhou mais coragem de atacar e a partida ficou equilibrada, com os dois times criando boas jogadas, mas os goleiros Thiago e Alexandre apareciam com boas defesas.

Aos 34 minutos, o Tubarão desperdiçou uma boa chance para abrir o marcador. Diordi investiu pela esquerda e cruzou para Luciano que chegou atrasado e não conseguiu concluir a jogada. Melhor na partida, o Peixe ainda desperdiçou outra chance nos acréscimos do primeiro tempo, quando Diordi cabeceou para fora quando tinha tudo para marcar.

Segundo tempo menos agitado

O Vasco voltou mais agressivo para o segundo tempo e, logo aos cinco minutos, Coutinho investiu pela direita e cruzou para a cabeçada perigosa de Thiago Reis, dando susto no goleiro tricolor. Logo depois foi a vez de Lucas Santos fazer boa jogada individual e chutar forte, mas Thiago defendeu bem.

Os treinadores de Vasco e Tubarão fizeram substituições nas suas equipes numa tentativa de melhorar o rendimento, mas o desgaste das equipes, por causa do forte calor, impediam que a partida tivesse a mesma velocidade mostrada no primeiro tempo.

Só aos 37 minutos é que a torcida voltou a viver momentos de emoção quando Vargas, de fora da área, mandou uma bomba e o goleiro Alexandre fez grande defesa, espalmando para escanteio.

A resposta do Vasco foi fulminante. Depois de chute forte, o goleiro Thiago deu rebote na pequena área e Laranjeira, dentro da pequena área, bateu por cima do travessão, desperdiçando uma chance incrível.

A rodada decisiva será na quarta-feira (9). O Peixe precisa vencer o Carajás, que ontem ficou no 1 a 1 com o Taubaté, e ainda torcer para que a partida entre Vasco e Taubaté tenha um vencedor. Além disso, precisa tirar a diferença no saldo de gols.