Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

RAFAEL ANDRADE
Itajaí

Ontem à noite, o Atlético Tubarão perdeu a primeira partida na Copa Santa Catarina. O Peixe foi a Itajaí encarar o líder, Marcílio Dias, no Estádio Dr. Hercílio Luz, em confronto atrasado da terceira rodada. Apesar da derrota, o time comandado pelo técnico Pingo segue na terceira posição na tabela, com oito pontos ganhos (uma vitória, três empates e um revés).

O gol do Marinheiro foi anotado pelo atacante Magrão, já no fim da segunda etapa, em falha da defesa do Tubarão.

O técnico Pingo disse que o adversário jogava por uma bola. “Faltou profundida, um pouco mais de ousadia, tínhamos certo domínio, posse de bola, mas não progredíamos. Nossos laterais não passaram muito neste jogo e os atacantes não ficaram tão fixos. Em algumas situações cedemos, como correu com o Avaí. Foram cinco jogos até agora. Estamos em evolução”, garante o treinador.

O tricolor tubaronense teve alguns desfalques para o confronto, como Paulinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido no último jogo. Edu, Jonathan, Marcelo Xavier e Vinicius Kuerten que seguem no departamento médico. Davi Lopes voltou de suspensão e o lateral Bartell, recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, também foi relacionado para o jogo. 

No próximo domingo, o Almirante Barroso receberá o Clube Atlético Tubarão, a partir das 11h, no Estádio Camilo Mussi, em Itajaí. O embate é considerado de ‘seis pontos’, já que uma vitória contra o time de Pingo pode colocar o Barroso na terceira posição e atrapalhar as pretensões do Peixe neste primeiro turno.