Lages

A primeira vitória na Copa Santa Catarina. Esse é o objetivo do Atlético Tubarão na noite desta quinta-feira (27). O desafio, porém, não deve ser fácil. Atual campeão da competição, o Peixe joga fora de casa contra o Inter de Lages. A partida, no Estádio Vidal Ramos Junior, está marcada para as 20h30.

Nos dois primeiros jogos, dois empates sem gols. Para mudar a situação, o técnico China Balbino teve três dias de trabalho antes da partida.

“Sabemos que temos que evoluir. Estamos tentando achar a melhor formação. Buscando a melhor alternativa no dia a dia de treinamento. Estamos buscando todas as alternativas que temos dentro do grupo, ao ponto que esperamos nos próximos jogos encaixar essa questão da parte ofensiva, pois os atletas estão buscando ao máximo os gols para conquistar as vitórias da melhor forma possível”, afirmou o comandante tricolor.

Neste ano, Atlético Tubarão e Inter de Lages se enfrentaram duas vezes pelo Campeonato Catarinense, com uma vitória para cada lado. No jogo realizado na Serra, 1 a 0 para os donos da casa. 

“Vamos a Lages determinados a buscar uma vitória. Sabemos que o jogo não vai ser fácil. Vai ser um jogo dificílimo contra a equipe do Inter. Mas esse grupo sabe o que quer e nós temos certeza que nós vamos buscar isso aí”, completa o treinador.

De volta ao Peixe após um período no Sport Recife, o lateral-esquerdo Jean encarou o Inter em Lages, no Catarinense, e prevê dificuldades. 

“Eu pude participar de um jogo lá e sei como é difícil. Um campo complicado de jogar. Todos os jogos vão ser assim. Fora de casa viemos de dois empates. Mas acredito que a gente está bem para fazer um bom jogo lá”, revela. O time precisa dos três pontos para continuar sonhando com a classificação.

O jogo desta noite será especial para o atacante Edno. Principal nome do elenco tricolor, o camisa 11 é natural de Lages e não joga na cidade desde 2001, quando ainda defendia o Avaí, clube que o revelou. Ele afirmou que a expectativa é boa para o retorno a Serra Catarinense. 

“Vai ser muito especial. Depois de 17 anos, voltar para a cidade onde nasci, onde cresci. Tenho muito familiares lá, meu pai, tio, avô, muitos amigos. Ir jogar em Lages como uma carreira consolidada será um motivo de muita alegria”, afirmou. 

Para o atacante, a partida deve ser difícil. 

“Todo jogo nesta competição será difícil. O Inter é muito forte em casa. O trabalho está sendo bem feito, vamos em busca da primeira vitória. Assim que ela vier, será a primeira de muitas”, salienta o jogador.