Tubarão

A ausência de Lima entre os relacionados no jogo de quarta-feira, entre Hercílio Luz e Fluminense causou estranheza para os torcedores. Pouco antes da partida, o clube havia anunciado que o centroavante havia sido cortado no vestiário, após ter sentido um desconforto no aquecimento. Porém, o próprio jogador desmentiu o caso para um rádio durante a partida.

O jogador estava regularizado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF desde o último dia 20, mas ainda não estava na ficha de inscrição da Federação Catarinense de Futebol (FCF), o que só ocorreu na manhã desta quinta-feira (27). 

“Eu concentrei, cheguei a ficar até meio dia no hotel, e recebi uma ligação dizendo que eu tinha caído no BID, porém houve ume pequena confusão na Federação daqui. E para eu não ter que vir para o campo, colocar o material de jogo, essas coisas, e a equipe não ser prejudicada, pediram para eu não vir para o jogo e ficou uma situação chata”, revelou Lima para a repórter Patrícia Amorim, da Rádio Cidade. 

Na tarde de quinta, o clube, através do presidente Fábio Mendonça, lançou uma nota de esclarecimento para explicar o caso:

“Em função de uma informação mal colocada, um equívoco foi cometido em relação a não participação do atacante Lima no jogo desta quarta-feira (26), entre Hercílio Luz e Fluminense.

O atleta está bem e em condições de jogo. Contudo, houveram problemas em sua inscrição junto da Federação Catarinense de Futebol (FCF) e, em consequência disso, ele não estava apto para constar entre os relacionados do técnico Edson Vieira.

O Hercílio Luz pede desculpas pelo mal-entendido e reitera seu compromisso junto ao atleta e a todos do seu plantel e comissão técnica. Com tudo esclarecido, o clube, seja por meio de seus dirigentes e membros do departamento de futebol, não irá mais se pronunciar sobre o ocorrido”, diz a nota.

Com o jogador regularizado e em boas condições físicas, ele deve fazer a reestreia com a camisa do Leão do Sul no domingo, diante do Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli.