Marco Antonio Mendes
Tubarão

Apenas para cumprir tabela, o Atlético Tubarão entra em campo pela última vez para disputar a terceira rodada do returno da Copa Santa Catarina, neste sábado, às 18 horas, contra o Joinville, no norte do estado. O confronto, que inicialmente seria domingo, foi antecipado pela Federação Catarinense de Futebol em comum acordo pelos dois clubes.

O Atlético Tubarão entrou na competição pressionado pela federação. Em alguns dias, montou o time. O resultado foi este: três jogos e três derrotas. No meio disso tudo, uma atuação irregular nos confrontos, dispensa de seis jogadores em um único dia e a saída de Thiago Coimbra, filho de Zico. Ele seria uma das principais apostas dos dirigentes para atrair investimentos em marketing.

Sem pontuar na competição, o técnico Marcelo Cabo deseja vencer pelo menos uma partida. Mas não será fácil. O Joinville briga com a Chapecoense pela liderança do grupo B e, consequentemente, a classificação à final da Copa Santa Catarina. Os donos da casa possuem cinco pontos; já o time do oeste, oito.

Na tarde desta sexta-feira, o técnico preferiu ter uma conversa com os atletas por causa das chuvas que alagaram o campo do estádio Domingos Gonzales. “Treinamos na quinta-feira e achei melhor poupá-los de outro hoje (sexta-feira). Temos que evitar que algum jogador se machuque e fique impossibilitado de atuar”, justifica.