Imbituba

Alguns cortes serão feitos no CFZ Imbituba na reapresentação do elenco para a disputa do returno da Copa Santa Catarina. A redução de gastos é necessária para planejar 2011 e, se a situação não melhorar, já se cogita não disputar nenhuma competição profissional em 2012.

A expectativa era de um apoio maior ao clube após à boa campanha conquistada no Catarinense. “Estava convicto que apareceriam mais investidores, mas houve o inverso, alguns patrocinadores deixaram o clube”, lamenta o presidente Robertinho Rodrigues.

A ideia, a princípio, é disputar o estadual do próximo ano com os juniores e mais alguns jogadores emprestados para manter uma visibilidade, e manter uma folha reduzida a R$ 20 mil por mês.

Parceria com o CFZ permanece inalterada

Único representante da Amurel na elite do futebol catarinense, o Imbituba continua a usar a marca CFZ no nome. O presidente do clube, Robertinho Rodrigues, concedeu uma entrevista coletiva ontem, no Ninho da Águia, com o intuito de negar que a parceira esteja desfeita. Pelo menos até ontem, ele não havia recebido nenhum comunicado sobre o fim do convênio.

“Eu tenho um carinho muito grande pela marca. Claro que esperava mais apoio, mas a imagem do Zico tenho certeza que não arranhei”, declara o dirigente. A maior prova de que a parceria pode render grandes frutos são Mateus Ortigoza, Natan e Leonardo. Revelados no clube, os jogadores tomaram novos caminhos com expectativa de um grande futuro.

Ontem, Mateus, 17 anos, apresentou-se ao Corinthians por empréstimo. “É uma nova vida para o nosso filho e percebemos que ele está encarando com muita seriedade. Estamos muito contentes pela oportunidade que ele está tendo”, afirma o pai do jovem talento, Nazareno de Souza.
Já Natan, foi emprestado ontem para a equipe do Avaí e já está em treinamento na capital. O terceiro que partiu foi o veloz atacante Leonardo, também por empréstimo, para o Botafogo da Paraíba.