Marco Antonio Mendes
Tubarão

Com a concretização do que o Atlético Tubarão queria (sábado, Chapecoense e Joinville empataram em 2 a 2), a esperança de uma classificação para a final da Copa Santa Catarina se mantém viva. Mas agora não tem mais como errar. No jogo desta noite, o primeiro do returno, há apenas uma opção: vencer.
Às 18h15min, o time de Tubarão entra em campo para enfrentar mais uma vez a Chapecoense, no Domingos Gonzales. O confronto será transmitido pelo SBT local.
Os adversários, que estão na cidade desde o fim de semana, praticamente dividem a liderança com Joinville porque as duas equipes possuem cinco pontos. Mas o time do Oeste está na desvantagem por causa do número de gols pró.

“O empate nos favoreceu e agora só depende de nós. Temos que buscar a vitória nestes dois últimos jogos. Acho que o grupo está nivelado e as dispensas de sexta-feira não irão nos afetar. O treinador conseguiu trabalhar bem isso”, diz o lateral esquerdo Raniei.
O treinador Marcelo Cabo não conta detalhes da formação do time. Nos últimos dias, trabalhou com dois sistemas táticos e duas equipes bastante distintas. Por isso que definirá somente antes do confronto, principalmente pelo fato de o adversário estar na cidade.

“Tive que montar um quebra-cabeça nestes últimos dias (por causa da dispensa de seis jogadores). Mas o time está focado para a partida. Sabe da responsabilidade e a oportunidades que recebemos com o empate no sábado”. Perguntado se poderia, pelo menos, falar o nome dos jogadores que começariam a partida, Marcelo preferiu manter o segredo.