Uma das rivais do Brasil pela classificação às oitavas de final no Grupo E da Copa do Mundo da Rússia, a Sérvia largou na frente na chave ao vencer neste domingo a Costa Rica por 1 a 0, na estreia de ambas seleções no mundial. Aleksandar Kolarov fez o único gol do jogo em linda cobrança de falta, aos 11 minutos do segundo tempo. No último jogo do dia, o Brasil entra em campo para enfrentar a Suíça pela outra partida da chave.

Os costarriquenhos começaram melhor no jogo, mas a Sérvia equilibrou a partida ainda na primeira etapa e assumiu o comando das ações ofensivas controlando a posse de bola. O goleiro Keylor Navas, do Real Madrid, fez o que pôde para evitar a derrota de sua equipe, com boas defesas e atuação segura. Mas a cobrança de falta de Kolarov foi inalcançável e garantiu a vitória sérvia.

Na próxima rodada, a Sérvia encara a Suíça em Kaliningrado, enquanto a Costa Rica enfrenta o Brasil em São Petersburgo. Os dois jogos serão disputados no dia 22.

Navas atento.

Apesar dos esquemas defensivos, com a linha de cinco zagueiros do lado costarriquenho e a força física do lado sérvio, as equipes conseguiam encontrar espaços para finalizar. A Costa Rica começou melhor e teve duas boas chances antes dos 10 minutos do primeiro tempo, mas depois a Sérvia controlou o jogo com a posse de bola e foi mais perigosa no ataque. A melhor chance aconteceu aos 27 minutos, após lançamento em profundidade de Kolarov que Sergej Savic recebeu livre dentro da área, mas finalizou fraco nas mãos de Navas.

Os europeus abusavam de jogadas pelo alto e cruzamentos, enquanto os centro-americanos apostavam na ligação direta entre a defesa e o ataque. Em um dos cruzamentos para a área, aos 43, Savic emendou uma linda bicicleta na altura da marca do pênalti para exigir boa defesa de Navas. Apesar de estar em posição legal, a arbitragem invalidou o lance plástico por impedimento.

Cobrança impecável

Na volta do intervalo, a Sérvia continuou ditando o ritmo do jogo. Logo aos quatro minutos, Mitrovic tabelou para sair cara a cara com Navas dentro da área, mas o atacante finalizou mal e parou na excelente defesa do goleiro do Real Madrid. Depois de linda defesa, Navas não conseguiu salvar a Costa Rica novamente aos 11 minutos. Em cobrança de falta espetacular da intermediária, Kolarov bateu firme com efeito e mandou a bola no ângulo esquerdo do goleiro, que nada pôde fazer.

Depois do gol, a Sérvia se fechou atrás para segurar o resultado e deu campo para a Costa Rica. Os centro-americanos melhoraram no jogo com a bola nos pés, mas não encontravam soluções para furar a defesa adversária. Por outro lado, deram chances para os sérvios matarem o jogo em jogadas de contra-ataque. Aos 41, Mitrovic mais uma vez ficou diante de Navas com a chance de se redimir do gol perdido. Entretanto, o camisa 9 se enrolou todo e não conseguiu nem finalizar, sendo substituído pelo técnico na sequência. Com cinco minutos de acréscimo, a Costa Rica foi com tudo para o gás final em busca do empate, mas o chuveirinho na área não funcionou e a Sérvia garantiu os três pontos.