#PraCegoVer Na foto, um homem surfando
O argentino Santiago Muniz fez a melhor apresentação entre os 64 que competiram nesta sexta-feira (22) - Foto: Daniel Smorigo | WSL | Divulgação

Até este domingo (24), a Praia da Ferrugem, em Garopaba, é a casa do surfe mundial. As disputas deste sábado (23) do Circuito Banco do Brasil de Surf, a primeira das três etapas regionais do World Surf League Qualifying Series começam às 8 horas. Após as baterias desta sexta-feira (22), 16 mulheres e 32 homens avançam na competição. A sexta-feira começou pela estreia dos cabeças de chave. Depois, as 32 participantes da categoria feminina fizeram suas primeiras apresentações. Apenas 16 seguem na briga do título. No lado masculino restaram 32 concorrentes para disputar a quarta fase. As peruanas Daniella Rosas e Sol Aguirre fizeram os recordes femininos, conseguindo as maiores notas e somatórias das duas ondas computadas. Entre os homens, o argentino Santiago Muniz fez a melhor apresentação entre os 64 que competiram.

Um novo número 1 na batalha pelas vagas da América do Sul para o Challenger Series 2023 será conhecido neste fim de semana na Praia da Ferrugem. A nova geração também está bem representada nesta briga pelos catarinenses Leo Casal e Heitor Mueller, que dividem a quinta posição no ranking. Enquanto o duelo nas ondas ocorre no mar, o Circuito Banco do Brasil de Surfe também promove várias atividades extras para o público na orla da Praia da Ferrugem, como aulas de surfe, yoga, quadra de beach tennis e até espaço kids. Nos boxes montados ao lado da arena do evento, empreendedores locais expõem seus produtos. Também haverá ações de sustentabilidade, como limpeza da praia com coleta seletiva do lixo e plantio de mudas na cidade.

Fonte: World Surf League
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul