Karen Novochadlo
Tubarão
 
Cinco presos fugiram, ontem, do velho Presídio Regional de Tubarão, localizado no bairro Humaitá de Cima, por volta das 2 horas. Dois já foram recapturados. Os homens escaparam por um buraco feito com um pedaço de madeira no muro de acesso ao Instituto Geral de Perícias (IGP). 
 
Um deles, de 40 anos, foi preso no bairro São Martinho, em Tubarão, graças a uma denúncia anônima. A Polícia Militar recebeu denúncia de que próximo a uma bica d’água estavam três homens em atitudes suspeitas. Viaturas foram deslocadas para fazer rondas no local. Os PMs encontraram o fugitivo em um matagal. Ele foi reconduzido ao presídio. 
 
O segundo foragido, 24 anos, estava em Armazém, no bairro Vila Nova, escondido em uma casa, próxima de seus familiares. Por meio de uma denúncia anônima, foi possível localizá-lo. A Polícia Militar de Armazém efetuou a prisão, com apoio de Gravatal. O homem tentou fugir. 
 
Ele pulou uma janela, caiu sobre várias pedras, quebrou a perna direita e teve fratura exposta. O Corpo de Bombeiros de Tubarão atendeu a ocorrência. O criminoso foi encaminhado, com escolta, ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, onde foi levado ao centro cirúrgico e passou a noite internado. A PM de Tubarão ficou encarregada de fazer a guarda. 
 
Ainda não foram recapturados Diomario de Mello Knaben, Rodmar Medeiros Martins, Edmar Nogueira.