Tubarão/Joinville


Não faltou emoção na rodadafinal da primeira fase do Campeonato Catarinense. Foram 90 minutos desofrimento, mas no fim, a torcida do Atlético Tubarão pôde comemorar a permanênciana elite como se fosse um título. O gol marcado por Edu e as grandes defesas deBelliato garantiram uma posição que até pouco tempo, parecia improvável.


Já no Aníbal Costa, restou adecepção. Além de precisar vencer o Criciúma, o Hercílio Luz necessitava secaros adversários diretos. Não deu certo em nenhum dos casos. Com a derrota por 1a 0 em casa, o Leão do Sul termina o Estadual na última posição e irá disputar asegunda divisão em 2020.  


O outrorebaixado é o Metropolitano. Mesmo vencendo o Brusque, de virada, a equipe deBlumenau terminou o campeonato na penúltima posição, e voltará à Série B, de ondeveio no ano passado.


Já as semifinais terão Avaí x Criciúmae Chapecoense x Figueirense. O Tigre confirmou a última vaga, graças ao gol deDerlan aos 43 do segundo tempo.