Foto: Hercílio Luz/Divulgação/Notisul
Foto: Hercílio Luz/Divulgação/Notisul

Tubarão

O salto na tabela era possível para o Leão do Sul neste sábado, jogando no Aníbal Costa. Mas saltou para baixo. Foi a pior partida do elenco na temporada. Matheusinho achou lindo passe para Lima no fim do primeiro tempo. O atacante bateu na saída do goleiro e abriu o placar. Lima agora divide a artilharia do Catarinense com André Luiz e Rafael Grampola, todos com seis gols. O empate e a virada do Brusque vieram na segunda etapa com Hélio Paraíba e Rafinha.

No duelo de pressionados pela zona de rebaixamento, o Brusque conseguiu motivos para respirar aliviado no Campeonato Catarinense. O triunfo foi conquistado em um jogo aberto, com chances das duas equipes e melhor aproveitadas pelos visitantes. O empate veio logo aos sete minutos da segunda etapa em jogada de Bidía na direita, que cruza na medida para Hélio Paraíba testar sem chances para o goleiro Lucas e marcar em sua estreia.

A virada veio de um contra-ataque do Marreco, após cruzamento na área, Cleber vacila, a bola sobra para Rafinha fazer. O Hercílio segue com dez pontos e com a vitória do Criciúma entrou na zona de rebaixamento. Os dois times voltam a jogar na quinta-feira, pela 12ª rodada do Estadual. Às 21h, o Leão do Sul enfrentará o Avaí, em Florianópolis. O Brusque atua diante da sua torcida, às 19h, contra o Figueirense.