Rafael Andrade
Tubarão

Chegou o grande dia da final da Primeira Divisão do Campeonato Catarinense de Futsal. O Capivari enfrenta a Chapecoense hoje, às 20 horas, no Ginásio Salgadão, em Tubarão. O time do sul busca o terceiro título este ano. Já conquistou a Copa Moitas, em Ituporanga, e o Campeonato Microrregional dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), em São Joaquim.
Nesta decisão, o Capivari tem a vantagem de jogar pelo empate. Já a equipe do oeste, precisa vencer para forçar um terceiro jogo, amanhã, no mesmo horário. No primeiro duelo da final, domingo, em Chapecó, os capivarienses aplicaram uma goleada de 5 a 1.

A confiança é tanta que a equipe não teve folga ontem. “Apesar da viagem desgastante, chegamos concentrados e concentrados estamos. A equipe merece o título. É o nosso primeiro ano e, sem dúvida, como equipe destaque”, avalia o treinador de Capivari, Juares de Souza Júnior, o Juninho. Ele acredita que a partida será muito aberta e os gols sairão naturalmente. “Espero que a maioria para o nosso lado”, torce Juninho.

O comandante da Chapecoense, Agnaldo Veriato Pereira, analisa o resultado elástico do primeiro jogo como normal. “Jogamos com atletas do sub-17. Os jogadores titulares foram dispensados há duas semanas. Nosso objetivo já foi alcançado este ano: chegar à elite do futsal”, destaca Agnaldo.

Expectativa para 2010
Setenta por cento dos jogadores serão mantidos pela diretoria do Capivari Futsal para o próximo ano. As competições iniciam em abril, e a equipe do sul começa a pré-temporada em fevereiro. O técnico Juninho garante que o ano será ainda melhor. “Nossa expectativa é apresentarmos bom entrosamento e conquistarmos uma boa colocação na Divisão Especial”, avalia Juninho.