Surfistas profissionais de vários países já estão no Farol de Santa Marta e iniciam as disputas hoje de manhã.
Surfistas profissionais de vários países já estão no Farol de Santa Marta e iniciam as disputas hoje de manhã.

Laguna

A bela Praia do Cardoso, no Farol de Santa Marta, em Laguna, terá um novo agito a partir de hoje. A realização do South Santa Marta Pro WQS, etapa cinco estrelas válida pela divisão de acesso à elite mundial do surfe, reunirá mais de 100 surfistas que disputarão os quase R$ 215 mil de premiação e os dois mil pontos no ASP One Ranking. O evento agita a vila de pescadores, que garantem boas condições para o surfe.

“Vai dar mar de dois metros na praia e, para nós, é bom”, conta, confiante, José da Silva, 46 anos, 36 deles dedicados à vida de pescador. Animado com a chegada do evento, dos surfistas e das turistas, a maioria gaúcha, ele visualiza bons negócios. “No inverno, não tem turista e não se ganha muito dinheiro, mas com o campeonato isso pode mudar”, acrescenta José.
Além das ondas, o sol também deve aparecer. “Amanhã (hoje), o tempo vai ser bom”, reitera José, olhando para o céu.

Marcelo Baldino, 30 anos, também está otimista. Ele chegou a encarar o surfe, entretanto a vida de pescador falou mais alto. “Quando era moleque, peguei onda por uns dois anos, mas vi que não era o meu forte”, lembra. Ansioso com o primeiro mundial que assistirá, ele promete não perder nenhum momento. “Sempre gostei muito de esporte, vou até acompanhar o campeonato, adoro ver quem surfa bem”, relata.