Marco Antonio Mendes
Tubarão

Bastante criticado por causa de suas falhas nas quatro partidas que o Atlético Tubarão disputou até agora no Campeonato Catarinense da Divisão Principal, o goleiro Marcos Leandro pediu dispensa do clube na tarde de ontem, antes do início do treino.

Segundo o técnico Marcelo Cabo, a diretoria e a comissão técnica pediram para que o jogador não se desligasse, porém, Marcos Leandro insistiu que se sente desconfortável com a situação. O goleiro era considerado como uma das principais contratações do Atlético para esta temporada do Estadual, mas não supriu as expectativas. O treinador chegou a declarar que ele era o seu jogador “número um”.

Com a saída do ex-botafoguense, Wagner deve assumir o cargo pelo menos no próximo confronto, amanhã, com o Avaí, em Florianópolis. A diretoria já procura um novo goleiro. Especula-se a contratação de Miguel, que jogou no Tubarão Futebol Clube em 2002 e 2003.

O atleta, que tem 40 anos, já deixou claro que defenderia as cores da camisa do Atlético. Para isso, precisaria de alguns dias para poder recuperar-se fisicamente. Hoje, os dirigentes e Miguel devem reunir-se para conversar. O último clube do jogador foi o São Gabriel, no Rio Grande do Sul, em 2004.

Brusque derruba o Joinville
Em Brusque, o time da casa venceu o Joinville, até então líder do Catarinense, com 100% de aproveitamento, por 3 a 0, ontem.

O Brusque chegou a sete pontos, empatado com o Avaí. O Joinville perde a liderança. Com nove pontos, o JEC está empatado com o Criciúma.