Marco Antonio Mendes
Tubarão

Nem parecia o mesmo Atlético Tubarão que iniciou o Campeonato Catarinense. Se em três jogos o time não conseguiu marcar um gol sequer, em menos de 90 minutos a equipe de Marcelo Cabo surpreendeu e balançou a rede nada menos que quatro vezes. No retorno do atacante Fábio Bala, que havia sofrido uma contratura muscular após a primeira rodada, o jogador provou que pode fazer uma dupla perfeita com o também atacante Allan.

Na vitória por 4 a 3 sobre o Metropolitano, no Estádio Anibal Costa, e em um confronto que mexeu com os nervos dos torcedores das duas equipes, o Atlético Tubarão deixou o último lugar da tabela, ainda que continue na zona de rebaixamento, em nono lugar, com três pontos. A equipe de Blumenau amarga o último lugar, com apenas dois.

No primeiro tempo, surpreendentemente, o Atlético Tubarão saiu na frente e logo aos seis minutos o primeiro gol saiu, após o cruzamento de Bruno para Fábio Bala, que, como uma bala mesmo, chutou para o fundo das redes do goleiro Márcio.
O Metropolitano até tentou em alguns momentos empatar e demonstrou perigo à equipe tubaronense. Mas os comandados de Marcelo Cabo quiseram compensar os gols que não foram marcados nos três primeiros jogos e fizeram o segundo aos 36 minutos. Em uma jogada de Fábio Bala, Rocha recebeu do atacante e entregou para Allan, que marcou com sutileza.

Porém, a diferença diminuiu com uma falha da defesa tubaronense. O Metropolitano descontou aos 42 minutos. Fábio Fidélis, pelo lado esquerdo, fez o lançamento para Acerola, que marcou o primeiro do time blumenauense.

Segundo período sensacional e emocionante
O Atlético Tubarão começou o segundo tempo motivado e cheio de vontade de vencer pela primeira vez. Mas o Metropolitano reverteu a situação e comandou o início do período complementar, tanto que, depois de mais uma falha do sistema defensivo, nos primeiros dez minutos, Felipe Oliveira deixou o resultado do placar igual.

Mostrando total reação do primeiro para o segundo tempo, Daniel Marques, do Metrô, conseguiu passar por Rocha, Cléber e Bruno e deixou passar a bola pelas mãos do goleiro Marcos Leandro, marcando o terceiro. Assim, a equipe de Blumenau viraria o placar, aos 18 minutos.

Neste momento, a torcida ficou enfurecida e boa parte começava a deixar o Estádio Anibal Costa. Em contrapartida, de presente, depois da expulsão de Rodrigo Couto, do Metropolitano, que colocou a mão na bola, Thiago cobrou o pênalti, aos 33 minutos, e com uma bola forte e rasteira balançou as redes defendidas por Márcio, deixando tudo igual de novo.

Sem que ninguém mais imaginasse, o Atlético Tubarão voltou a se recuperar na partida e saiu na frente. Com uma bela jogada da dupla de atacantes tubaronense, Allan cruzou para Fábio Bala que marcou o quarto gol aos 39 minutos.

O Atlético volta aos campos sábado, às 18h15min, contra o Avaí, em Florianópolis. Já o Metrô, encara o Figueirense domingo, às 16 horas, em casa.