Maycon Vianna
Tubarão

No Atlético Tubarão, não resta nada além de aproveitar estes dois últimos jogos na primeira divisão. É missão de honra para o técnico Rafaelli Graniti conquistar a primeira vitória no returno, o que seria a primeira do Peixe sob o seu comando.
A única vitória da equipe de Tubarão no estadual foi diante do Metropolitano, no primeiro turno. No geral, o time somou cinco pontos e é o lanterna isolado. “Ainda acredito no potencial”, diz o técnico.

Já Leandro Machado, treinador do Tigre, aproveita para trabalhar o entrosamento e poupar os titulares mais desgastados. É o caso do atacante Kempes, que ficou fora do jogo contra o Brusque por suspensão e sentiu uma lesão na coxa no treino de quinta-feira. Ele não joga neste sábado.
O meia Mateus, gripado, também ficou fora do treino desta sexta e deu lugar a William. No entanto, Mateus deve atuar. Quem não joga é o lateral-esquerdo Wellington e o zagueiro Cris, que permanecem no departamento médico. Filipe e Danilo Santos recuperam-se de contusão e trabalham fisicamente.

O Criciúma já está classificado ao quadrangular final. O jogo deste sábado, às 16 horas, no Estádio Heriberto Hülse, é um clássico que reúne as defesas mais vazadas do Catarinense.
No Atlético Tubarão, a equipe deve manter o esquema tático 3-5-2, usado na maioria dos jogos pelo treinador.