Rafael Andrade
Imbituba

Em uma partida aberta e de muitas chances de gol, o CFZ Imbituba foi melhor e bateu o Joinville, no Estádio Emília Mendes Rodrigues, de virada, por 2 a 1, ontem à noite. O CFZ Imbituba dominou praticamente todo o primeiro tempo, teve chances de marcar, mas os chutes e cabeçadas ficaram nas mãos do goleiro Fabiano.
Antes do intervalo, o zagueiro Lacerda, do Joinville, abriu o placar com um chute forte depois de um bate-rebate na área do CFZ. O treinador da Águia, Joceli dos Santos, percebeu as lacunas e mexeu no time durante o intervalo. O meia-atacante Matheus entrou no lugar do meia Liniquer.

A mudança mudou a história da partida. Aos 16 minutos, Matheus marcou o gol de empate, de peixinho, após um cruzamento na área. A torcida Fiéis da Águia foi à loucura e apoiou ainda mais a equipe. A resposta dos jogadores foi rápida. Dois minutos depois, Matheus apareceu novamente e roubou a bola no meio campo e passou para o atacante Felipe Oliveira, que chutou forte de fora da área. Caprichosamente, a bola entrou no canto esquerdo de Fabiano: 2 a 1 para o CFZ Imbituba.

Felipe Oliveira, empolgado, tirou a camisa, foi comemorar no alambrado e levou cartão amarelo. “Foi um cartão que tomei em momento de nostalgia”, explica o jogador.
O jogo continuou aberto e as chances de gol aumentaram para as duas equipes. O JEC bem que tentou reverter o resultado, mas o placar ficou assim mesmo.