Brusque

O Brusque enfrentou o Remo pela segunda fase da Copa do Brasil no Augusto Bauer e o jogo começou nervoso, mas só deu Brusque.

Aos quatro minutos do primeiro tempo, Edu recebeu a bola e bateu para a defesa do goleiro. Aos 13, após cobrança de escanteio de Airton, Everton Alemão subiu mais alto que todo mundo e cabeceou para uma linda defesa do goleiro.

E a emoção só aumentava, ao 23, Alex Sandro sofreu pênalti, Edu foi para a batida e o goleiro defendeu. Mas o Brusque continuou buscando o resultado. Aos 39, Thiago Alagoano faz grande jogada e bate no canto, sem chances para o goleiro, o Rei do Vale abriu o placar.

E o segundo tempo só deu Brusque. Aos 13, Airton cobrou falta direto para o gol, pegando a defesa e o goleiro adversário de surpresa. Aos 25, o Remo fez o gol de honra com Giovane Gomez, mas a noite era do Rei do Vale.

Aos 31, Thiago Alagoano recebeu cruzamento, mas o zagueiro se antecipou e mandou contra o próprio gol. Brusque 3×1. Na sequência, aos 33, Edu, o matador, recebeu o passe do Thiago Alagoano e por cobertura, marcou mais um para o Bruscão. Ainda dava tempo para mais.

Nos acréscimos, para fechar o placar, o Rei do Vale recebeu passe do Dandan, e só empurrou para as redes, a festa estava garantida no gigantinho. Aos 49, o árbitro encerrou o jogo e pela primeira vez na história, o Brusque está na terceira fase da Copa do Brasil!